4 de dezembro de 2014

Quem são os cotados para o secretariado de Sartori

Governador eleito faz os primeiros convites para preencher cargos do futuro governo. 
Equipe completa poderá ser anunciada no próximo dia 15.
Fonte: Rosane de Oliveira / ZH. 03/12/2014 

Com o convite ao PDT para ocupar a Secretaria da Educação e mais outras duas pastas, o governador eleito José Ivo Sartori deu início ao preenchimento dos espaços em branco no organograma do futuro governo. Discretamente, Sartori está ouvindo empresários, líderes políticos e conselheiros, mas sem abrir o jogo sobre como pretende montar a equipe. 
Nem mesmo a estrutura do governo está definida: o esboço prevê fusões e desmembramentos, mas o martelo só será batido perto do dia 15, quando ele pretende anunciar a equipe completa.
Para a Secretaria da Segurança, o mais provável é que seja indicado um delegado da Polícia Federal. Sartori gostaria de trazer o secretário do Rio, o gaúcho José Mariano Beltrame. Como Beltrame está comprometido com o governador Luiz Fernando Pezão, deverá ajudar a identificar alguém nos quadros da PF.
O número de secretarias deverá ser levemente inferior ao do atual governo, que tem 29 cargos com status de secretário. 
Estuda-se a possibilidade de desmembrar a Secretaria de Infraestrutura em duas – Transporte e Minas e Energia. Para compensar esse acréscimo, haverá cortes e fusões. Está em discussão a união da Justiça com a Segurança e da Agricultura com o Desenvolvimento Rural. 
As secretarias do Conselhão e da Economia Solidária devem ser extintas e a do Gabinete dos Prefeitos pode ser incorporada à Casa Civil.
Mesmo com uma bancada de apenas três deputados, o PSB será valorizado porque esteve com Sartori desde o início, quando sua candidatura era considerada sem futuro. 
O peemedebista já disse que o deputado federal Beto Albuquerque só não será secretário se não quiser. O PSB deve ganhar três secretarias, como os partidos maiores.
Veja abaixo os nomes cotados para algumas das principais secretarias do governo José Ivo Sartori
Segurança - Uma das áreas mais sensíveis do governo, deve ser entregue a um delegado da Polícia Federal. Sartori sondou o secretário do Rio, José Mariano Beltrame, mas ele está disposto a continuar no governo de Luiz Fernando Pezão.
Fazenda - Será escolha pessoal do governador. Mais do que o nome, é preciso saber o perfil. A tendência é indicar um secretário político, para fazer as articulações que resultem em aumento de receita, e deixar a gestão do dia a dia com um técnico.
Casa Civil - O nome depende do perfil que Sartori quiser dar à secretaria. Se a opção for por fazer a articulação política, Márcio Biolchi e Ibsen Pinheiro são os mais cotados. Como Ibsen poderá ser o presidente do PMDB, crescem as chances de Biolchi. Se for mais operacional, o nome mais forte é o de Carlos Búrigo, cotado para a Secretaria-Geral e para a Chefia de Gabinete.
Educação - Vieira da Cunha (PDT) foi convidado, a executiva do partido aprovou a participação no governo, mas ainda depende do aval do diretório estadual.
Cultura - O secretário será uma pessoa do meio cultural. O mais cotado é o cantor Victor Hugo, subsecretário da Cultura no governo Rigotto. Outra opção é o ex-vice-governador Antônio Hohlfeldt, mas ele está focado na atividade acadêmica.
Justiça - Não está descartada a possibilidade de fusão com a Secretaria da Segurança. Se continuar com a estrutura atual, mais focada em direitos humanos, será oferecida a um dos aliados.
Saúde - A tendência é a indicação de um técnico. O desejo de Sartori seria o médico Fernando Lucchese. Outro nome é o médico Alberto Beltrame, superintendente do Instituto de Cardiologia, ex-secretário nacional de Atenção à Saúde. Se a opção for política, o mais cotado é o deputado Pedro Westphalen.
Habitação e saneamento - O deputado Giovani Feltes (PMDB) é a opção número 1.
Infraestrutura - Deve ser desmembrada em Transportes e Minas e Energia. Em princípio, o PMDB ficaria com os Transportes e o atual vice-governador, Beto Grill, com Minas e Energia.
Esportes - Primeiro suplente do PDT na Câmara, Washington Coração Valente poderá ser o secretário se nenhum deputado federal for chamado para o primeiro escalão.
Turismo Está aberta à indicação de partidos. A ideia de fusão com outra área perdeu força diante da exigência do setor de ter uma secretaria.
Agricultura - O candidato natural é o deputado Ernani Polo, mas seu partido, o PP, discorda da existência de uma pasta para o agronegócio e outra para a agricultura familiar. No plano de governo de Ana Amélia, as duas secretarias seriam unidas.
Desenvolvimento rural -  
Se não se fundir com a Agricultura, como quer o PP, será destinada ao PSB. O deputado Heitor Schuch é o mais citado.
Políticas para as mulheres - Se mantiver o status de secretaria, pode ficar com Regina Perondi ou ser oferecida a um dos partidos aliados.
Trabalho - Dois partidos têm interesse na vaga: PSB e PSD. Os socialistas querem a vaga para Miki Breier.
Desenvolvimento - O deputado Lucas Redecker (PSDB) é o favorito. Outra opção é Simone Leite, que concorreu ao Senado pelo PP.
Meio ambiente - Será uma secretaria valorizada no governo Sartori. Claudio Dilda, secretário em Porto Alegre, é o nome mais citado, caso a opção seja por uma pessoa da área. Outro nome cotado é Ana Pellini.
Ciência e tecnologia - Será ocupada por um técnico, como no atual governo.

27 de novembro de 2014

Musica Romantica (Because You Loved Me) tradução

22 fenômenos naturais que você não vai acreditar que realmente existem

Por 
planeta Terra é palco para muitos eventos misteriosos que ninguém consegue explicar.
Mas com a evolução da tecnologia e do conhecimento alguns desses fenômenos naturais estranhos já são explicados por cientistas e pesquisadores.
Será que tudo é uma questão de tempo para encontrarmos uma explicação? Ou sempre existirão coisas inexplicáveis?
Bom, alguns desses eventos e suas respectivas explicações podem ser vistas logo abaixo e eu já adianto: é inacreditavelmente fantástico.

1. Pôr-do-sol verde

Fenômenos naturais (1)
A razão para o seu aparecimento se baseia na refração da luz na atmosfera. O feixe de luz se move mais lentamente no baixo horizonte, devido a densidade do ar, de modo que a luz solar segue caminhos ligeiramente curvos, na mesma direção que a curvatura da Terra. Maiores frequências de luz (verde, azul) se curvam mais que as menores (laranja,vermelho), de forma que os raios azuis e verdes se tornam mais visíveis na superfície solar, sendo que os tons mais quentes se obstruem. Brilhos verdes são reforçados pela inversão atmosférica, que aumentam a densidade gradiente e, por consequência, a refração luminosa. Podemos esperar ver também um brilho azul, mas o azul é mais disperso na linha de visão humana, e comumente acaba aparecendo verde.

2. Porta para o inferno

Fenômenos naturais (2)
A Cratera de Darvasa, também chamada de Porta para o Inferno é um campo de gás natural localizado em Derweze (também escrito Darvaza, que significa “porta”), na província de Ahal, no Turcomenistão. A cratera é conhecida pela sua chama que vem queimando continuamente desde 1971, alimentada pelos ricos depósitos de gás natural na área. Ela exala um forte cheiro de enxofre que pode ser sentido à distância.
Fenômenos naturais (3)

3. Relâmpagos em vulcões

Fenômenos naturais (4)
As erupções vulcânicas produzem imensas quantidades de partículas carregas eletricamente e estática. Assim como esfregar o pés em um tapete e tomar um choque ao tocar a maçaneta, estas erupção produzem estes relâmpagos de cor violeta, porém, numa intensidade muito maior.

4. Rochas redondas

Fenômenos naturais (5)
Na praia de Koekohe, na Nova Zelândia, é possível ver pedras esféricas praticamente perfeitas. Elas são resultado do acúmulo de sedimentos que foram se aglomerando no fundo do mar por mais de 60 milhões de anos, tornando-se pedras.

5. Raios de Catatumbo

Fenômenos naturais (6)
No rio Catatumbo, na Venezuela, é possível presenciar uma tempestade de raios impressionante. Este espetáculo raro é chamado de “Raios de Catatumbo” e acontece durante 160 dias em um ano, durando aproximadamente 10 horas por dia com mais de 280 descargas elétricas por hora.

6. Grande Buraco Azul

Fenômenos naturais (7)
É uma caverna subaquática ou sumidouro natural encontrado em oceanos. Também são chamados de cavernas verticais. Considerados falhas geológicas, eles estão presentes em diferentes pontos dos oceanos. Por conta de suas qualidades térmicas e condições de segurança, eles atraem grande diversidade de vida marinha e, por consequência, de quem pratica mergulho, amador ou profissional. A cor exótica vem da baixa temperatura da água.

7. Cavernas de gelo

Fenômenos naturais (8)
Cavernas de gelo são estruturas temporárias que se originam em regiões glaciais. A água se congelou na formação destes glaciais de forma muito compacta e pouco oxigênio ficou aprisionado no meio destas cavernas. Por isso a coloração azul tão espetacular destes lugares, pois apenas o espectro de luz azul é refletido, enquanto as outras faixas de luz são absorvidas neste gelo.
Fenômenos naturais (9)

8. Colunas de basalto

Fenômenos naturais (10)
Estas formações rochosas até parecem artificiais, mas foram esculpidas por milhões de anos após a lava lançada por vulcões se resfriar e endurecer em formas geométricas tão perfeitas.

9. Arco-íris de fogo

Fenômenos naturais (11)
Um arco circum-horizontal, também conhecido por arco-íris de fogo, é um halo similar em aparência a um arco-íris, só que é horizontal, mas ele se diferencia também por ser causado pela refração através de cristais de gelo, ao invés de refração através de água líquida.

10. Pororoca

Fenômenos naturais (12)
A pororoca é uma onda praticamente sem fim que viaja por mais de 800 quilômetros contra o fluxo do Rio Amazonas. Ela acontece durante os meses de Fevereiro e Março quando a maré do Oceano Atlântico invade o rio no sentido contrário ao fluxo da água. O recorde de maior tempo nesta onda é 37 minutos de surfe em uma mesma onda.
Fenômenos naturais (13)

11. Migração das borboletas monarcas

Fenômenos naturais (14)
Quando a temeperatura nos EUA diminui em outubro, milhões e milhões de borboletas monarcas começam uma viagem bem longa para locais mais quentes para passar o inverno, no México. A viagem percorre uma distância de mais de 4.000 quilômetros e proporciona um evento belíssimo da revoada destes insetos.
Fenômenos naturais (15)

12. Nuvens estratosféricas polares

Fenômenos naturais (16)
As nuvens estratosféricas polares são nuvens que se formam na estratosfera em altitudes entre 15.000 e 25.000 metros. Estas nuvens são raras e são formadas principalmente perto das zonas polares durante o inverno. Elas estão envolvidas na formação dos buracos na camada de ozônio.
Fenômenos naturais (17)

13. Grande cardume de sardinhas

Fenômenos naturais (18)
Todos os anos na região da Cidade do Cabo, na África do Sul, cardumes gigantes de sardinhas, que podem ser vistas através de imagens de satélite, chegam para procurar águas menos frias. A região é um local com grandes populações de tubarões que aproveitam a chegada destes peixes para se fartar.
Fenômenos naturais (19)

14. Florescimento de plantas no deserto

Fenômenos naturais (20)
O deserto do Atacama é considerado o mais seco do mundo, mas mesmo assim plantas com flores florescem de vez em quando. Nos raros anos em que a cuva acontece nesta região, as plantas que estão em estado de dormência desabrocham, mudando a paisagem árida do deserto.
Fenômenos naturais (21)

15. Nuvem lenticular

Fenômenos naturais (22)
Nuvens Lenticulares são formações estacionárias de nuvens, com formato análogo a lentes, que se formam em altitude. Quando ar estável e úmido flui sobre uma montanha ou cadeia de montanhas, uma série de ondas estacionárias podem se formar à sotavento da mesma. Se a temperatura na crista da onda descer abaixo do ponto de orvalho, o vapor de água em suspensão se condensará formando a nuvem lenticular. Na continuação do fluxo de ar, ao descer em direção a depressão da onda, a nuvem pode evaporar-se, razão para suas bordas características.
Fenômenos naturais (23)

16. Maratona do caranguejo vermelho

Fenômenos naturais (24)
A migração em massa é liderada pelos machos, seguidos rapidamente pelas fêmeas. Os caranguejos passam árduas semanas rastejando para o oceano, percorrendo uma distância de até 9 km. Ao longo do caminho eles enfrentam inúmeros perigos. A cada ano, até meio milhão de caranguejos nunca retornam de sua perigosa jornada. Muitos deles são atropelados quando atravessam estradas locais, enquanto outros são atacados pelas formigas-loucas-amarelas.
Fenômenos naturais (25)

17. Círculos debaixo d’água

Fenômenos naturais (26)
Um fotógrafo japonês Yoji Ookata, ao fazer um mergulho, descobriu alguns círculos bem misteriosos no fundo do mar, o desenho chama atenção por parecer muito com os desenhos misteriosos feitos em plantações. O fotógrafo levou uma equipe de televisão, e descobriram que os círculos foram feitos por um peixe muito habilidoso, capaz de criar relevo sobre a areia do mar, fazendo essas obras de arte.
Fenômenos naturais (27)

18. Círculos de fadas

Fenômenos naturais (28)
Cientistas já atribuíram a formação dos tais anéis a formigas, cupins e até gases que emergem do chão. Mas pesquisadores de duas universidades, na África do Sul e nos Estados Unidos, apareceram com uma nova teoria nesta semana: os círculos seriam resultado de uma competição interna entre as próprias gramíneas.
De acordo com esta ideia, o chão estaria inicialmente revestido de vegetação rasteira de maneira uniforme. O solo do deserto, no entanto, é pobre demais. A oferta reduzida de nutrientes, associada à baixa ocorrência de chuvas, faz com que somente as plantas mais fortes sobrevivam. Para não morrer, elas consomem os recursos das menos resistentes, próximas a elas, que morrem e deixam um pequeno espaço vazio.
Fenômenos naturais (29)

19. Bando de estorninho-comum

Fenômenos naturais (30)
É de comportamento gregário e voa em bandos compactos, em interessantes evoluções, mudando rapidamente de direcção, tal como um cardume de peixes. Com frequência, após a época de reprodução, oferecem esse espectáculo tanto no campo como nas grandes cidades.

20. Algas Bioluminescentes

Fenômenos naturais (31)
Bioluminescência é a produção e emissão de luz por um organismo vivo. Trata-se de uma forma de ocorrência natural de quimioluminescência, em que a energia resultante de uma reação química é lançada sob a forma de emissão de luz.

21. Mammatus

Fenômenos naturais (32)
Mammatus (também referenciado por mamma ou mammatocumulus) é um termo da meteorologia aplicado ao padrão de “bolsas” que se formam na base de uma nuvem. O termo “mammatus” deriva do mamma, devido à associação ao formato de mamas ou seios.
Formam-se em ar descendente, em contraste com a maioria das nuvens que formam-se em ar ascendente. Frequentemente, nuvens mammatus formam-se sob a bigorna associada a uma nuvem cumulonimbus, e são observadas geralmente depois da passagem de uma tempestade severa.

22. Rios subaquáticos

Fenômenos naturais (33)
Esse é um fenômeno conhecido como haloclina, na qual águas com diferentes níveis de salinidade formam camadas por causa de sua variação de densidade.
Fenômenos naturais (34)

18 de novembro de 2014

Veja 17 megaobras do Governo Dilma que você provavelmente nunca ouviu falar

Obras do Governo Dilma




Quais dessas obras você já conhecia?

1- PONTE RIO NEGRO, AMAZONAS



Ponte Rio Negro, no estado do Amazonas. Com 3,6 km de extensão, é a segunda maior ponte fluvial do mundo e a maior estaiada do Brasil. Conecta Manaus ao município de Iranduba e demorou três anos e 10 meses para ficar pronta. O concreto e o aço utilizados na obra seriam suficientes para construir três estádios do Maracanã.


2- FERROVIA NORTE-SUL, EM CINCO ESTADOS


O trecho de 682 km da Ferrovia Norte-Sul, situado entre as cidades de Ouro Verde (GO) e Estrela do Oeste (SP), está com 70% das obras concluídas. Em outro trajeto da obra, já finalizado entre Tocantins e Goiás, são 855 km de ferrovia já em operação.


3- FERROVIA TRANSNORDESTINA, CEARÁ, PERNAMBUCO E PIAUÍ


Integrada à Ferrovia Norte-Sul, liga o Porto de Pecém, no Ceará, ao Porto de Suape, em Pernambuco, além do cerrado do Piauí, no município de Eliseu Martins, num total de 1.728 km.


4- PONTE SOBRE O RIO MADEIRA

Obras na ponte sobre o rio Madeira, na divisa do Amazonas e Rondônia, na rodovia BR 319.


5- USINA EÓLICA ARIZONA, RIO GRANDE DO NORTE


Estado atinge 1.163,39 MW de potência instalada por meio de 42 parques eólicos em funcionamento e lidera o ranking eólico no Brasil.


6- BRT TRANSCARIOCA, RIO DE JANEIRO


A TransCarioca tem 39 km de extensão e 45 estações entre o Terminal Alvorada e o Aeroporto do Galeão. Atende 450 mil pessoas por dia.


7- METRÔ DE SALVADOR, BAHIA


Dilma inaugurou, em junho, o primeiro trecho da primeira linha do metrô de Salvador. Com 7,4 km de extensão e 5 estações. O projeto prevê 41 km e 22 estações terminadas até 2017.


8- AMPLIAÇÃO E REFORMA DE 13 AEROPORTOS


Em Salvador, São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Natal, Belo Horizonte, Porto Alegre, Manaus, Fortaleza, Maceió, Cuiabá e Curitiba os aeroportos foram reformados e ampliados. A capacidade dos aeroportos triplicou e todas as pistas foram reformadas, estacionamentos ampliados e terminais ampliados e modernizados.


9- MEGA PORTO DA BAHIA, O TERCEIRO MAIOR DO BRASIL


Começam as obras do terceiro maior porto do Brasil, em Ilhéus, Bahia. O investimento será e R$ 2,2 bilhões neste que será um dos portos mais modernos do mundo.


10- PONTE ANITA GARIBALDI, SANTA CATARINA


A ponte Anita Garibaldi em Laguna (SC) será a primeira ponte estaiada em curva do mundo e a terceira maior ponte do Brasil, com 2.830 metros de extensão. A obra faz parte do PAC-2 e impressiona pela sua magnitude.


11- UM MILHÃO DE CISTERNAS

Em todo o semiárido, foram entregues 545,7 mil cisternas e 54,7 mil tecnologias de apoio à produção agrícola. O governo tem a meta de distribuir, até o final de 2014, 750 mil unidades para consumo familiar e 76 mil de apoio à produção. Com as 350 mil entregues por Lula, são mais de um milhão de cisternas ajudando a combater a seca.


12- SUPERPORTO DO AÇU, RIO DE JANEIRO


O Superporto do Açu está localizado no município de São João da Barra, norte do Estado do Rio de Janeiro, mais especificamente no distrito de Açu. Sua localização é estratégica para a indústria do petróleo, por ser próximo às bacias de Campos e do Espírito Santo, podendo ser utilizado de base também a operação da Bacia de Santos.

13- PERÍMETRO IRRIGADO DE NILO COELHO, PERNAMBUCO


O perímetro irrigado de Nilo Coelho, localizado na cidade de Petrolina, no semiárido pernambucano, é o maior do Brasil em produção. Em 2013, o valor bruto de produção foi superior a R$ 700 milhões, com destaque para a fruticultura. Com área irrigável de 18.563 hectares, Nilo Coelho beneficia cerca de 2.200 famílias. O perímetro também prevê a geração de 20 mil empregos diretos e 30 mil indiretos. 


14- 2,75 MILHÕES DE MORADIAS ENTREGUES PELO MINHA CASA MINHA VIDA

Lula entregou 1 milhão de moradias na primeira etapa do programa Minha Casa Minha Vida. Na segunda etapa, Dilma já entregou 2,75 milhões de casas e o projeto da terceira etapa prevê mais 3 milhões a partir de 2015. Na foto o Residencial Viver Melhor, em Manaus.


15- 23 UNIVERSIDADES E 152 CAMPI CRIADOS


Na foto, a Universidade Federal do ABC, criada por Lula e ampliada por Dilma, considerada a melhor do Brasil. 


16- USINA HIDRELÉTRICA DE BELO MONTE, PARÁ


Terceira maior hidrelétrica do mundo, a Usina de Belo Monte terá capacidade energética para atender a 60 milhões de pessoas.

17- USINA HIDRELÉTRICA DE ESTREITO, MARANHÃO


Com capacidade de geração energética de 1.077 MW, a usina de Estreito foi inaugurada em maior por Dilma Roussef.



Além dessas obras mais 22 usinas eólicas e 3 hidrelétricas foram construídas. Ainda há em andamento as obras de dez hidrelétricas (que agregarão mais 18.340 MW ao sistema), 14 termelétricas (3.871 MW), 95 eólicas (2.472 MW) e seis pequenas centrais elétricas (118 MW).